Sobre

Quem somos?

Somos uma família educadora. Praticamos a educação familiar desde meados de 2013 (homeschooling ou educação domiciliar). Isso quer dizer que provemos o ensino formal para nossos filhos em casa. Embora seja uma prática comum em países desenvolvidos, o tema não é muito conhecido no Brasil. Como acredito na importância de desmistificar a educação familiar, criei a página de facebook “EducArte – educar em família” no intuito de registrar um pouco das atividades escolares que as crianças fazem. Lá postei desde os livros que lemos, os jogos pedagógicos, as atividades de psicomotricidade, até passeios educativos, caminhadas no parque e, principalmente, os momentos em que nos debruçamos sobre os livros. O principal intuito é mostrar como é a nossa realidade para motivar os simpatizantes, trocar ideias com outras mães. Dentre essas outras mães surgiram muitas amigas queridas, e é com elas que aprendo todos os dias como seguir esse caminho.

Sobre homeschooling?

É natural que existam muitas dúvidas sobre o tema – “como ensinar se os pais não são especialistas?”, “como ensinar crianças em idades diversas?”, “como conciliar as tarefas domésticas com os estudos?”, “como não confundir os papéis de mãe e professora?”. Mas certamente a dúvida campeã reside no aspecto da vida social da criança. Em nossa cultura é muito difícil conceber um convívio social fora da escola. Por isso, julguei importante registrar diversos encontros com amigos, viagens, atividades de esporte, cultura e lazer. Muitos pensam que educar em família é educar em uma bolha, acreditamos que a escola é uma bolha e que nossa sala de aula tem o tamanho do mundo.

Blog Educarte

Conforme a página de facebook foi crescendo, percebi que seria interessante criar um blog. O objetivo era fazer FAQ da página de facebook. Alimentar o blog se tornou uma grande alegria, pois encontrar interlocutores, apoio e partilhar de nossa aventura nos enriquece também.

Nos últimos anos assistimos a educação domiciliar crescer em nosso país. Éramos uma família que para encontrar outras famílias educadoras precisávamos viajar. Depois de alguns anos o assunto causa menos espanto. De uma família isolada no Paraná que éramos no começo, nos tornamos uma família entre muitas em nossa cidade, conseguimos reunir amigos pelo país inteiro, temos um grupo considerável de famílias em nossa cidade.

Enquanto isso mais filhos chegaram em nossa família e com eles novos desafios, problemas de saúde, dificuldades de rotina… Por isso, muitos projetos foram caindo no esquecimento e outros ficaram em suspenso enquanto focamos nossas energias no essencial.

Em função da rotina exigente de mãe de 6 filhos o tempo que sobra para as redes sociais é curtíssimo, e não consigo blogar o tanto que gostaria. Mas em todos os sufocos que passamos encontramos bons amigos com bons exemplos ou com mais experiências para nos dar uma luz. Então sinto que retribuo o favor quando compartilho essas descobertas. Afinal, com as facilidades da internet as mães procuram apoio, soluções, ideias e mil coisas na rede. Milhões de vozes se levantam todos os dias sobre os mais diversos temas. Como poderia eu não falar também dessa grande vocação que é a maternidade, a educação, a família visto que na minha vida isso representa um verdadeiro trabalho profissional?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s