Como ensinar simultaneamente crianças em idades diferentes? – Homeschooling FAQ

O comum no homeschooling é que em uma família se encontrem crianças em idades distintas. Por isso o ensino tende a ser individualizado e personalizado.

Por um lado, em casa, diferentemente de na sala de aula, o ensino é individualizado, semelhante ao que acontece nas aulas particulares. Algumas famílias se organizam dedicando um horário para cada filho. Outras famílias, costumam organizar as crianças de modo que no dia a dia aconteça como nas escolas especializadas em atendimento personalizado para cada aluno – como o Kumon – no qual crianças em idades diferentes estudam silenciosamente e lado a lado em materiais distintos e adequados para o nível de aprendizado.

Para que as crianças consigam estudar em um mesmo horário e em um mesmo espaço físico, gradativamente as crianças desescolarizadas aprendem a se concentrar no próprio trabalho intelectual por períodos de tempo compatíveis com o seu nível de maturidade. Nesse formato, a mãe permite que o educando seja o protagonista e atua como auxiliadora nas dificuldades, orientadora dos próximos passos, corretora das atividades e mentora na determinação do ritmo de estudos de cada filho. Nas disciplinas de linguagem e matemática que exigem competências progressivas e cujo conteúdo é cumulativo de modo que a cada dia se avança um pouco mais é fundamental estudar individualmente com cada filho.

Por outro lado, o homeschooling pode ser semelhante a sala de aula em assuntos que permitem a abordagem independentemente de habilidades prévias. Quando percebemos que uma atividade permite a feitura por crianças em níveis de desenvolvimento diferentes, podemos trabalhar em grupo aplicando uma única explicação e aceitando que cada criança responda segundo suas potencialidades. Em minha família uso esse formato para aulas de Artes, Musicalização, apreciação artística e musical, leitura em voz alta.

Como nas turmas multiseriadas, parte dos conteúdos são informativos de modo que é possível dar uma única apresentação de conteúdo para crianças em idades diferentes. Os mais novos podem ter repertório menor e trazer dúvidas sobre aspectos que os mais velhos já superaram. Lida-se com isso respondendo com simplicidade as perguntas e exigindo mais rigor nos relatórios das crianças mais velhas. É interessante que a diversidade de idades pode trazer experiências pedagógicas muito interessantes. Pois, muitas vezes os irmão mais velhos encontrarão oportunidades de rever coisas que já sabem ao explicar para os menores quando surgirem perguntas. Em minha família estudamos Ciências e História nesse formato.

Deixe uma resposta