Dicas para organizar a rotina infantil – parte 5

A ordem enquanto encadeamento de pequenas e grandes ações ao longo do dia é a essência da rotina. Quando regulamos o dia a dia estabilizando primeiro o sonohigiene, alimentação já estamos imprimindo ritmo e ordem aos dias. Com isso, administrar o dia a dia e assegurar que todas as atividades planejadas sejam efetivamente levadas a cabo é muito mais fácil.
Acomode as Demais Atividades nas janelas dos hábitos básico.
 

Como as atividades pedagógicas e sociais diferem de família para família, é difícil determinar se o melhor momento para os estudos é pela manhã ou pela tarde, ou qual é o melhor momento para se fazer esportes ou passear. Contudo, certamente depois de estabelecidos esses 4 fatores podemos encaixar na agenda com tranquilidade toda sorte de atividades.

 
Como manter a casa arrumada tendo crianças por perto:

Um espaço organizado facilita a constância nos hábitos básicos e a manutenção da organização. É mais fácil fazer a higiene se as coisas estão no lugar em que deveriam estar. Depois de tomar banho é preciso exercitar a ordem e colocar os objetos no seu destino correto. Para cumprir com uma rotina de sono é preciso encontrar um quarto arrumado. Perderei tempo e talvez encontre dificuldade para colocar uma criança pequena na cama se passar as “janelas de sono” caso eu precise juntar brinquedos na hora de dormir. É muito difícil cozinhar quando não planejei a compra dos ingredientes ou se a cozinha não estiver previamente limpa. Na contrapartida, atividades pedagógicas pertinentes a ordem são extremamente importantes para o desenvolvimento. Separar objetos por tamanho, categoria, formato e colocar no lugar certo são atividades ótimas para crianças pequenas. Nem sempre é fácil manter um espaço ordenado quando se tem crianças por perto. Por isso algumas dicas podem ajudar:
– Tenha um lugar para cada coisa e ensine seu filho devolver os objetos aos seus lugares;
– Menos é mais: administrar poucos objetos é mais fácil do que administrar muitos, principalmente para crianças. Se não queremos tropeçar em brinquedos pela casa podemos nos perguntar se temos coisas de mais;
– Uma boa iniciativa para evitar que o excesso de brinquedos os leve a não brincar com nada, e para que consigam administrar e guardar seus brinquedos sem grandes dificuldades é fazer rodízio dos brinquedos. Guarde alguns e deixe à disposição da criança apenas alguns poucos;
– Não faça as tarefas de seu filho! É muito importante para desenvolver o senso de responsabilidade que desde pequenos nossos filhos aprendam a cuidar das próprias coisas;
– É bom que eles aprendam que deixar as coisas jogadas é um desrespeito com a família e que ajudar a manter a ordem é um ato de amor. Aprendendo a respeitar a ordem as crianças se sentem valorizadas por serem uma parte essencial e do ambiente que respeitam. Por isso, não junte os brinquedos do seu filho.
– Não tenha medo de dar pequenos encargos proporcionais ao tamanho e idade das crianças na rotina doméstica. É evidente que a criança não vai fazer a faxina da casa, mas é muito importante para que o indivíduo possa amadurecer e se tornar um adulto capaz de cuidar de si mesmo, dos outros e de seu ambiente, que se fomente desde cedo a ideia de pertencimento e responsabilidade por seu espaço. Pequenos serviços como ajudar a colocar a mesa para uma refeição, arrumar a própria cama, jogar o lixo no lixo são medidas verdadeiramente educativas.
– Procure ter somente os objetos que são necessários, não acumule supérfluos, assim manter uma casa organizada fica muito mais fácil.
– Planeje um momento diário para limpeza e não ultrapasse o tempo planejado, pois o serviço doméstico nunca termina.
– Conheça o método Flylady.

Deixe uma resposta