Em busca do Osso perdido

EducArte foi o nome para o diário online de atividades educacionais de minhas filhas que surgiu enquanto eu refletia sobre a palestra do professor  José Monir Nasser.
Nela, o professor comentara que que em matéria de educação estamos como o cachorro que enterrou o osso e esqueceu onde cavou, ou seja, perdemos completamente a pista da alta cultura. Ao assumir pessoalmente a educação de minhas filhas me percebi como uma espécie de Indiana Jones buscando redescobrir o osso perdido.
A prática da educação domiciliar é bem simples de se conduzir, contudo já nos primeiros tempos descobri que educar não é uma ciência é uma arte. Tal como numa obra de arte busca-se empregar as melhores técnicas, ferramentas, recursos, estratégias e os resultados não são matemáticos. Na educação não deve ser diferente. Como um filho é muito mais do que uma obra-prima, vale a pena fazer junto a ele essa jornada.

Aprendi que educar é também se educar e por isso dia após dia vou preenchendo as lacunas que ficaram em minha educação. A cada dia tenho que me esforçar para ser uma pessoa melhor, primeiro para que minha vida reflita as virtudes que espero ensinar, mas principalmente para que vendo minha luta para ser uma pessoa melhor elas também aprendam a lutar. Busco mais do que conhecimento, estou em busca da excelência das relações humanas, em busca de uma vida interior frutuosa, em busca da nobreza de caráter. Enfim, estamos educando para a Eternidade.

Desse modo, Educar-te é o projeto de uma mãe que está redescobrindo a Arte de Educar.
*Esse post inaugurou o nosso diário virtual. É uma grande alegria para mim revisitar nossa trajetória ao transferir o conteúdo para esse nosso novo endereço virtual. Passados alguns anos, continuo na busca pela excelência educacional, continuo na luta pela superação de minhas limitações. Mas muito satisfeita e cada vez mais confiante na Educação Domiciliar.

Deixe uma resposta